Sul da Índia - Belgaum

Purushatraya Swami
Logo após ter estado no Vishva Gou Sammela, o grande evento de proteção das vacas, prossegui ao norte do estado de Karnataka para a cidade de Belgaum. É uma cidade de médio porte, sem grande expressão nacional. O templo da ISKCON não tem muito tempo e funciona numa antiga fábrica. Nos padrões da Índia, é considerado um projeto pequeno, sem grandes projeções, mas o templo tem quarenta brahmacaris entusiasmados e uma congregação de oitocentas pessoas. Esse projeto inclui também uma fazenda de trezentos hectares. Trinta devotos moram nesse projeto, que é completamente alternativo. Os devotos levam uma vida realmente simples e estão desenvolvendo técnicas alternativas muito interessantes. Eles mesmos produzem os tijolos das construções e não usam cimento. Estão fazendo um programa de proteção das vacas nota dez.
(foto 01) Muitos visitantes vêm diariamente ao templo. Mumbai (Juhu)óDe Belgaum, cheguei em Mumbai, antiga Bombaim, a São Paulo da Índia. Quem leu o Lilamrta sabe da luta para se conseguir a terra onde foi construído um enorme templo. É o templo da ISKCON mais opulento. É incrível como Lakshmi-devi derrama ali as suas bênçãos. Certamente é pela qualidade do serviço devocional dos devotos. O templo fica perto da praia de Juhu, mais ou menos com a mesma situação dentro da cidade como a Barra da Tijuca, no Rio.


(foto 02) O templo da ISKCON é talvez o mais visitado nessa grande cidade.
Agradável pátio interno. Na entrada do templo, vê-se a parte traseira da vyasasana.

(foto 03) Templo cheio na hora do Gaura-aratik.

(foto 04) O altar central todo decorado em ouro.

(foto 05) As maravilhosas deidades Sri Sri Radha-Rasa-vihari e Lalita e Vishaka Devis.

(foto 06) Os graciosos Sri Sri Gaura-Nitai. Também Srila Prabhupada e Srila Bhaktisiddhanta.

(foto 07) As poderosas deidades Sri Sri Sita-Rama Lakshmana e Hanuman.

(foto 08) Purushatraya Swami dá aula de Srimad-Bhagavatam.

(foto 09) O templo possui um hotel quatro estrelas.

(foto 10) Esse recém inaugurado edifício anexo ao templo tem auditórios,
vários salões para conferencias e recepções, guest-house e um restaurante Govinda,
que tem aproximadamente duas vezes o tamanho da sala de templo de Nova Gokula.

Voltar

© Copyright 2006
Todos os direitos reservados